ALGUMAS DICAS PARA OS ESTUDANTES COMBATENTES

 

        Engana-se quem pensa que apenas estudar garante um bom desempenho no vestibular. Para se garantir, além dos estudos, é claro, o candidato deve se preocupar com outros fatores como, por exemplo, a alimentação. A nutricionista Magali Alves lembra que a falta de nutrientes pode provocar falta de disposição, dificuldade de concentração, apatia, dificuldade de leitura.

        Por isso, Magali recomenda aos vestibulandos que evitem certos tipos de alimentos nos dias que antecedem a prova.

 

“Dois dias antes, eles devem evitar a ingestão de alimentos ricos em gordura. Esses alimentos possuem um tempo maior de digestão, o que podem provocar desconforto e sonolência na hora da prova.”

 

        A seguir, algumas dicas para um melhor aproveitamento.

 

        ALIMENTAÇÃO

 

        O café da manhã pode ser meio mamão e um pedaço pequeno de ricota. No almoço, carne, peixe ou frango e salada à vontade. À tarde, um copo de leite. No jantar, repetir o cardápio do almoço, acrescentando duas colheres de sopa de arroz. Entre as refeições, coma uma fruta.

        Na hora da prova, uma pequena barra de chocolate serve para fornecer energia e melhorar a disposição. O candidato pode levar também uma barra de cereais.

 

        HIDRATAÇÃO

 

        É importante manter-se hidratado. O ideal é beber pelo menos um copo d’água a cada duas horas pela manhã e à tarde. Nas refeições, um suco de fruta ou água de coco.

 

SONO

 

        Não adianta deixar de dormir para repassar as matérias mais complicadas. O certo é manter a rotina de pelo menos oito horas diárias. Porém, na noite anterior às provas, o número de horas de sono deve ser aumentado para 12 (doze).

        Outro ponto importante é o controle emocional. De acordo com o psicólogo Marcelo F. Mesquita, qualquer estudante pode se sair bem nas provas. “O segredo é a força de vontade”, explica o psicólogo, ressaltando que o bom desempenho está vinculado ao equilíbrio emocional do candidato.

 

“É importante que o candidato tenha confiança. Ele passou o ano inteiro se preparando e deve confiar na sua capacidade. A insegurança acaba provocando o esquecimento, o famoso “branco” na hora da prova, que é causado pela tensão nervosa que bloqueia o conhecimento.”

 

 

        Obs.: Concursos públicos e outras provas muito difíceis também exigem os mesmos cuidados aqui apresentados.

 

 

Consulte, neste sítio, o link “Estudar também se aprende” da pasta “Trabalhos Acadêmicos”.

 

 

 

E boa sorte a todos!!!

 

Página Principal

Trabalhos Acadêmicos & Outros

 

O xadrez é um ótimo esporte para os estudantes. Desenvolve o nosso pensamento, a nossa concentração, a nossa capacidade para ver as coisas na sua totalidade, no longo prazo, dialeticamente. Quem joga xadrez aprende a ter foco nos seus objetivos, a identificar o que é secundário e, portanto, o que pode ou não pode ser sacrificado para a conquista do objetivo principal.

Se você ainda não sabe jogar xadrez, deixe de ser burro e preguiçoso e vá logo aprender.

Tá esperando o quê??!!!!

Clique aqui para jogar

XADREZ.

Copie o programa para o seu computador.